sábado, 3 de junho de 2017

Gestão de frotas: 7 dicas que vão te ajudar a reduzir os custos da sua empresa


Gestão de frotas: 7 dicas que vão te ajudar a reduzir os custos da sua empresa

Se você trabalha na área de gestão de frotas, sabe que qualquer erro no controle de custos pode prejudicar todo o planejamento financeiro da empresa. Cuidar destes gastos não é das tarefas mais fáceis. Por isso, é tão importante contar com métodos que auxiliam no controle e na redução dos custos gerados pela frota.

Separamos algumas dicas que vão te ajudar a reduzir efetivamente os custos da sua frota, sem alterar a qualidade nos serviços prestados e ainda garantir a saúde financeira da sua empresa:

1. Realize manutenções preventivas nos veículos
Quando se trata de frotas é necessário entender que, para os clientes, disponibilidade é sinônimo de eficiência. Ou seja, a empresa precisa de uma boa gestão de manutenção para ter carros disponíveis para ir a qualquer lugar, sempre que requisitado. Um veículo quebrado pode comprometer toda a eficiência da frota, atrasando entregas, serviços e deixando clientes insatisfeitos. Está aí um dos motivos pelo qual é tão importante que o gestor da frota esteja atento às manutenções preventivas dos veículos. Os níveis de água e de óleo precisam ser verificados regularmente. Também é necessário ficar atento para trocar peças que possam apresentar desgaste acentuado, como bateria, filtros, sistema de escapamento, entre outras. Pneus também representam grande custo na gestão de frotas. Manter a calibragem “em dia”, garante uma maior vida útil dos pneus, além de ajudar na redução de custos com combustível. Os motoristas também devem evitar derrapagens e frenagens bruscas. Manutenções preventivas permitem a redução de custos, e ainda garantem o bom funcionamento do veículo, a segurança dos motoristas e a produtividade na sua frota.

2. Fique atento com o combustível
Se você trabalha com gestão de frotas sabe que é muito importante ficar de olho no consumo de combustível. Contar com um serviço de roteirização e garantir que o veículo não esteja com nenhum problema também é uma ótima estratégia para quem quer gastar menos. É preciso também estar atento aos preços que sofrem alterações frequentemente. É necessário realizar pesquisas no mercado e escolher os melhores fornecedores. Negociar diretamente com algumas redes de distribuição, pode gerar facilidades no pagamento e até mesmo descontos.

3. Otimize as rotas
É de extrema importância que a pessoa que trabalha com a gestão da frota planeje as rotas, levando em consideração fatores como: menor distância, segurança, condições das estradas, pedágios, janela de entrega, entre outros. Dependendo da quantidade de veículos e destinos, essa tarefa pode se tornar ainda mais difícil e demandar muito tempo do gestor. Atualmente, existem sistemas de roteirização, capazes de dar a rota exata, de forma muito mais rápida, fácil e eficiente. Com um sistema de roteirização, é possível reduzir gastos como, por exemplo, com combustível, e ainda aumentar a produtividade da frota, entre outros benefícios.

4. Utilize corretamente as marchas do veículo
Uma ótima maneira de reduzir o consumo de combustível e melhorar a performance do veículo em estradas com velocidade regular, é utilizar a marcha mais alta possível. Assim, as rotações do motor serão mais baixas. Já nas descidas mais inclinadas, não se deve deixar o câmbio no ponto morto. Descer com a segunda marcha engatada é a melhor opção. Caso a ladeira seja muito íngreme, o ideal é descer em primeira marcha e com muito cuidado.

5. Implante tecnologias que auxiliam na gestão da frota
Implantar um software capaz de ajudar a gerenciar todos os gastos de uma frota, é uma ótima opção para quem procura reduzir custos e aumentar a produtividade da equipe de forma mais rápida, fácil e eficiente. Atualmente, existem sistemas que rastreiam o veículo em tempo real, monitoram o modo de condução, fazem o controle de manutenção, otimizam rotas, fornecem diversas informações úteis e tratadas, e muito mais. Com esses dados é possível analisar fatores como: consumo de combustível, tempo de locomoção, rotas, entre outros. E ainda evitar gastos desnecessários com logística, desvios e outros imprevistos que possam acontecer. Com um software de gestão de frotas, é possível que o gestor realize suas tarefas com mais precisão e eficiência, a ainda garante ampla redução de custos para a empresa.

6. Realize treinamentos com seus motoristas
Investir no treinamento do seu time melhora toda a operação logística, trazendo redução de custos da frota e gerando mais lucros. O time deve ser orientado sobre a importância de uma boa conduta no trânsito, da direção defensiva e também do que fazer em casos de acidentes ou contratempos no trajeto. Além do time trabalhar com mais segurança e precisão, investir em treinamentos para os motoristas gera um retorno a longo prazo, pois realizando capacitações e treinamentos, a equipe entenderá a importância do seu papel na redução de custo e os benefícios que serão gerados para a empresa.

7. Siga a legislação
É importante que os motoristas dirijam os veículos de forma consciente, sem ultrapassar a velocidade permitida nas vias, sem ingerir álcool, entorpecentes ou medicamentos proibidos, e respeitando todas as regras de trânsito. Mas, a empresa também precisa seguir a legislação. É importante manter os veículos com a documentação e a manutenção em dia. As cargas também precisam ser transportadas de maneira correta. Seguir a legislação de trânsito evita problemas com a fiscalização, multas, retenção de veículos, além de proporcionar maior segurança para o seu time.
Viu como a gestão de frotas é uma ótima solução para diminuir os custos da empresa? A soma de um time consciente com uma tecnologia de ponta, resulta em redução de custos e aumento de produtividade!


Visualizado em 03/06/2017 as 15h57min