sexta-feira, 18 de outubro de 2013

O Viaduto Millau, o mais alto do mundo

   Com seus 2460 metros de comprimento e 343 metros de altura o Viaduto Millau é o mais alto do mundo. A imensa construção foi a solução encontrada para ligar as cidades de Clermont-Ferraud e Beziers.
   A estrada anterior, que passava pelo vale do rio Torn, era muito perigosa, com muitas curvas e tinha frequentes problemas com engarrafamento principalmente no verão, o que fez com que o governo procurasse soluções rápidas. Em 1987 foi quando iniciou-se o projeto de realocação da estrada. Quatro projetos foram inicialmente apresentados, e apenas um foi viável. Todos tinham alguma dificuldade (Um era caro e complexo, o outro previa quatro pontes, o que demoraria muito também), mas uma delas, que era a de se passar um viaduto por cima de uma cidade, foi vencida, pois era a maneira mais prática e barata de se fazer.

viaduto de millau


   Norman Foster e Michel Virlogeux são os engenheiros responsáveis por torná-lo possível, e viram, em 1996, o projeto ser aceito e pronto para acontecer. Cinco anos depois, em 2001, a construção foi iniciada. A estrutura é trabalhada em concreto e aço e teve as etapas bem divididas e um trabalho que rendeu muito o que foi investido.
   Primeiro toda a preparação no solo foi feita e a fundação foi devidamente preparada para que, em 2002, os seus 7 pilares de concreto armado começassem a ser construídos. Eles medem de 77 a 246 metros e ficaram prontos na mesma época, para que enfim a parte da estrutura de aço da pista fosse posta com um sistema de deslizamento. Esse sistema é chamado de “Sliders” e 64 deles, auxiliados por pilares temporários, transportaram todo o aço (36 mil toneladas) até o topo da estrutura.


viaduto-millau


   Seu sistema de cabos suporta 8 vãos: 6 deles, os centrais, medem 342 metros, e os 2 das extremidades medem “apenas” 204 metros cada. A largura da pista é de 32 metros e todas as curvas são feitas para facilitar a vida do motorista, sendo que as muretas foram feitas para evitar problemas de vertigem, deixando o foco dele sempre na pista.
   Em 14 de dezembro de 2004, finalmente foi inaugurada a obra de aproximadamente 400 milhões de euros, a que bateria todos os recordes e ajudaria muito o transito local. Sua vida útil é de 120 a 150 anos, aproximadamente.