quinta-feira, 24 de abril de 2014

SISTEMA JUST IN TIME E A ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (RESUMO)

   O sistema de produção Just in Time surgiu na segunda metade do século 20 para tornar as indústrias mais eficientes, além de adequar a demanda do mercado com preços cada vez mais competitivos. Conheça mais sobre o sistema Just in Time.

O Conceito do Sistema Just in Time
   O conceito do sistema Just in Time é uma nova maneira de ver o modo com que uma empresa produz.

   Dentro dos conceitos da Engenharia de Produção e da Administração de Empresas, o sistema Just in Time em linhas gerais determina que nada deve ser fabricado, montado, comprado ou transportado antes da hora certa.
   Mas quem determina a hora certa?
   O mercado determina: nas empresas onde é aplicado este conceito de engenharia de produção, primeiro os produtos são vendidos e depois eles são fabricados.
Nas fábricas onde é adotada a política de produção Just in Time o estoque de mercadorias e matérias primas é o mínimo possível, basicamente só o suficiente para 24 horas de trabalho.
Para que uma empresa consiga funcionar de um modo tão eficiente, deve ser pensada uma estratégia precisa de engenharia de produção e todos os imprevistos devem estar muito bem identificados e catalogados.

   Nem todo tipo de fábrica pode ser ajustado para o sistema Just in Time, segundo a teoria da engenharia de produção este sistema é ideal para indústrias do tipo montadora, onde os produtos chegam semi-prontos ou em forma de peças desmontadas.

   O Profissional que trabalha com o Sistema Just in Time  
   O profissional de Engenharia de Produção que trabalha implementando e mantendo o sistema Just in Time em uma empresa deve ser extremamente organizado e cauteloso.

   O tempo e um fator crucial no sistema Just in Time, os processos de produção industrial devem ter a eficiência maximizada.
   Suas principais funções são:  
   Redução do Desperdício: Como há poucas peças disponíveis, o refugo e desperdício deve ser minimizado (se possível zerado).
   Implantação de Processos de Produção mais Eficientes: Como os prazos são curtos, o tempo médio de produção dos produtos também deve ser minimizado pelo profissional de Engenharia de Produção.
Para que o sistema de produção Just in Time funcione corretamente e a empresa não perca credibilidade no mercado, tanto a redução de desperdício quanto a maximização da eficiência devem estar implantados.

Vantagens e desvantagens do Sistema Just in Time  
   Como todo sistema de produção, o sistema Just in Time apresenta vantagens e desvantagens.

Vantagens do Sistema Just in Time

   Os estoques menores reduzem os custos de produção e também diminuem a necessidade de instalações físicas, como armazéns.
   A menor circulação de produtos e matérias primas pela fábrica permite um controle melhor e mais centralizado da produção.
  
   Custos menores implicam em preços finais mais baratos, fazendo com que a empresa ganhe mercado.

Desvantagens do Sistema Just in Time

   Pequenos imprevistos podem causar grandes estragos: como não há estoques, o atraso de um
fornecedor pode deixar a fábrica parada por horas ou até dias.

   Como há poucos produtos prontos estocados, a empresa nunca está pronta para fazer uma grande entrega imediata.

   Se a empresa ficar um tempo longo sem vender, a linha de produção fica parada, com as máquinas e funcionários ociosos.

   A especialização no Sistema de Produção Just in Time dentro da Engenharia de Produção

   Para poder trabalhar com o sistema Just in Time de produção, o aluno no Curso de Engenharia de Produção deve fazer um curso de especialização na área, e também nas ferramentas e softwares necessários. Estas especializações duram entre 6 meses e 1 ano, dependendo do conteúdo e carga horária do curso.